Blog da Jô Lopes - RIO GRANDE DO NORTE - www.jolopesrn.zip.net

Meus poemas



 
 

MÚSICA DO DIA

O TEMPO NÃO PÁRA

"Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara

Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando uma agulha num palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros
Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára.

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára."

(CAZUZA)



Escrito por Equipe do Blog às 21h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

EM NOTA

O Ministério do Planejamento informou hoje que reduziu de 2% para 1% a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009

Segundo nota divulgada pelo Ministério, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve a previsão reduzida de 4,5% para 4,3%, ligeiramente abaixo do centro da meta de inflação estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). De acordo com a nota, o Ministério vai descontingenciar R$ 9,1 bilhões. Desse total, R$ 6 bilhões serão destinados ao programa "Minha Casa, Minha Vida", e R$ 3 bilhões a despesas obrigatórias dos ministérios. Essa liberação foi possível, segundo o governo, com a redução da meta de superávit primário de 2009, de 2,2% para 1,4% do PIB para o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência).

REDUÇÃO NA ARRECADAÇÃO - O relatório de receitas e despesas do segundo bimestre também prevê a redução de R$ 9,3 bilhões na arrecadação anual em relação à última previsão feita em março. Segundo o ministério do Planejamento, a queda foi generalizada em todos os tributos. Contudo o IPI, teve maior recuo devido às medidas de desoneração para incentivar a atividade econômica. O Ministério do Planejamento destaca que a programação de despesas para o ano teve uma elevação em função não só do programa habitacional, mas da liberação de R$ 1 bilhão para os municípios.

GASTOS - O Ministério informou que houve uma nova estimativa para os gastos sociais, benefícios previdenciários, seguro desemprego, abono salarial, benefícios assistenciais da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), e da liberação de crédito extraordinário para o Ministério da Integração Nacional.



Escrito por redação. às 23h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
    Categorias
      Todas as Categorias
      Link
      Evento
      Citação
      Avaliação
      Objeto de Desejo
      Minha opinião
      Meus poemas
      Minhas fotos
      Meus pensamentos
      Meu projeto cultural Eruditus
    Outros sites
      COLUNA O MOSSOROENSE
      GRUPO ERUDITUS
      TÁCITO COSTA
      CARLOS SANTOS
      FOGO CRUZADO
      FIERN
      MUNDO POP
      BREBOTE
      VERBALIZANDO
      FOGO CRUZADO
      MARCOS DANTAS
      NOMINUTO
      RUBENS LEMOS
      OLIVEIRA WANDERLEY
      AILTON MEDEIROS
      EDUARDO BRUNO
      DINARTE ASSUNÇÃO
    Votação
      Dê uma nota para meu blog